Há algum tempo atrás eu escrevi aqui sobre a minha experiência na Blossom com uma consultora ultra-simpática que conseguiu apanhar a essência do meu estilo e dar-lhe um look mais sério, e apresentável para o mercado de trabalho.

Essa mesma consultora, a Sara, juntamente com outra colega fundaram a Restyle my Style , uma empresa de consultadoria de imagem.

Muitos estão a ler isto e a pensar : ” é tudo muito bonito mas eu não tenho dinheiro para pagar isso”

Bem, elas estão com um passatempo em que oferecem 3h de Personal Shopping e ainda o livro “Louca por Compras”.

O que é o Personal Shopping? Uma pessoa  vai comprar roupa. Têm tantas coisas giras nas montras mas quando as experimentam concluem que fica melhor num cabide que vestidas. Elas vão consigo às compras e ajudam-na a encontrar aquela peça que vos vai ficar a matar durante a primavera/ verão ou ocasião especial. Adequada ao vosso corpo e às cores que lhe ficam bem.

O passatempo é basicamente angariar amigos. Quem é que não tem uma tonelada de amigas interessadas em roupa e acessórios? Por isso é bastante fácil.

Participem, quem sabe não são vocês as sorteadas?

Passatempo Restyle My Style  ( clicar na imagem)

Estou oficialmente “a queimar neurónios” com o mestrado. Após semanas a bater, literalmente, com a cabeça na secretária para um trabalho que tenho de entregar daqui a duas semanas, mandei aquilo tudo ao ar e resolvi começar do zero. Acabei por-me decidir na análise de um artigo que poderá servir de base para o brainstorming da tese. Conhecimento “high-tech” nas indústrias de baixa tecnologia.
Baixa tecnologia não é propriamente mau. Portugal têm um tecido industrial maioritariamente de baixa e média-baixa tecnologia (sectores como a borracha e os plásticos, indústria metalurgica, indústria textil, de papel, cortiça ou calçado), segundo a classificação da OECD. Mas quem não tem cão caça com gato, rato ou pássaro e grandes grupos nacionais como o grupo Nabeiro (do nosso rico café Delta e Camelo), o grupo VisaBeira (que está metido em tudo desde a Vista Alegre, telecomunicações, turismo e construções)ou o grupo Lanidor.
Quero contar-vos coisas do Grupo Lanidor e de algumas das marcas que dele fazem parte, quer por criação quer por aquisição. Este grupo facturou, em 2009, 51 milhões de euros (90% em mercado nacional) e estima que o ano passado esse valor ascenda aos 65 milhões (somos tão pobrezinhos, não é?). Algumas das marcas associadas ao grupo são a Lanidor (como é óbvio), a LA Kids&Junior, LA Caffé, LA Spa, LA Factory & LA Loft(outlets), o LA Hotel da Av. da Liberdade em Lisboa, o LA Mag, a Casa Batalha criada em 1635 e depois adquirida pelo grupo, a Globe e a mais recente aquisição (que eu saiba) a Companhia do Campo. Como vêem, as tais indústrias de baixa-tecnologia têm o seu charme se se souber gerir e aproveitar o que elas têm de bom.

A Lanidor prende-se não só com uma marca mas com um estilo e modo de vida, dotado de antiguidade e inovação ao serviço das satisfações dos seus clientes e que progressivamente têm conquistado o mercado nacional e internacional presente em doze países e preparando-se para entrar em mais seis este ano.

Quem é que já não “babou-se” em frente a uma loja Lanidor, ou Casa Batalha, ou Globe? Gostos não se discutem mas eu acho que têm bom gosto!

Continuam a achar que o nosso tecido empresarias está decrépito?

Comentem, entretanto, volto ao estudo.

xoxo,

M.

Madamme’s Pink Picks

Novembro 29, 2010

1. Eyeko 3 in 1 cream extra glow (€9); 2. ASOS nude suspender sheer tights(€9.95); 3. LimeCrime Great Pink Planet opaque lipstick ($16); 4. Kitson Enamel Engraved Slogan ring (€14.93); 5. Wildfox black bow T-shirt (€80.86); 6. Sigma Complete kit with Brush roll in pink + heart shaped mirror in Pink Fire ($112); 7. Cath Kidston Spotty Cherry rainboots (€47.27); 8. Pour Moi Aura Silk Balconette padded bra (€32.34); 9. Eyeko Punk Polish (€4).

Hoje estou num dia para fazer listas de compras por cores. Alguém quer ideias? Digam-me cores ou temas para seleccionar as peças que mais gosto nas diversas lojas!

Today I’m in a mood for themed shoping lists. Anyone wants some ideas? Tell me the color or theme and I will try to pick some of my faves around my favourite online shops!

Quase tudo da ASOS, excepto o nº 1 (Eyeko), 3 (Limecrime), 6 (Sigma) e 9 (Eyeko). Os links para as lojas encontram-se na barra lateral.

Almost everything from ASOS except nº 1 (Eyeko), 3 (Limecrime), 6 (Sigma) and 9 (Eyeko). Links for the shops are on the side bar. 

Quais são os vossos favoritos?

What are your favourites?

Apesar de muitos considerarem a consultoria de imagem fútil garanto-vos que não tem nada de fútil. Não se trata de escolher as últimas tendências e “seguir a moda”, muitas das vezes trata-se de descobrir e seleccionar peças que nos favoreçam a imagem. Nós somos o nosso próprio cartão de visita. Uma primeira imagem, apesar de redutora e superficial, pode ser decisiva em tanta coisa…entrevistas de emprego, candidaturas a programas, impressionar o sexo oposto, novos contactos e conhecimentos. Sejamos sinceros, infelizmente até determina o modo como somos atendidos numa loja, café ou restaurante.
Não sou uma pessoa que passe muito tempo a escolher o “visual” com que vou sair de casa. Por vezes as únicas coisas que me apetece vestir em dias chuvosos são umas calças de treino, meias grossas de lã, um polar, umas galochas e uma parka. Sim, já me perguntaram se ia para a lota assim vestida mas acho que mesmo na lota uma rapariga de parka rosa bebé e umas galochas roxas com flores chamava a atenção.

Mas CALMA! Também não sou assim tão deixa andar… tem dias!

Ok, devo admitir que tenho um gosto peculiar em alguns casacos extravagantes e que cada vez que visto um fato “empresarial” sinto que estou a vestir-me para ir para a Maria Lisboa por isso achei por bem confirmar e pedir uma segunda opinião.

A Blossom é uma empresa de consultoria de moda, que também oferece cursos e workshops em consultoria de moda, auto-maquilhagem e coaching entre outras coisas. As formandas e os formandos do curso têm uma forte componente prática com oficinas em que podem aplicar os conhecimentos adquiridos nas aulas. É aqui que entra a minha experiência com a Blossom, numa oficina de consultoria de imagem com a Sara Tibério.

A consulta consistia numa análise personalizada de cor e do estilo onde, através de uma conversa descontraída, se tentava descobrir quais as cores que faziam certas características do rosto sobressair, que levavam mais luz e “saúde” à cara, quais as peças de roupa que acentuavam as partes do nosso corpo que deviam ser acentuadas e quais as que atenuavam a “barriguinha” ou o “jambón” tão comum na mulher mediterrânea.

Cheguei à conclusão que no que toca a peças de roupa e ao estilo “boho meets girly” estava correcta. O choque foi ao descobrir que os meus amados vermelhos, amarelos, castanhos e laranjas, eram das cores que menos me favoreciam. A Sara ao colocar os tecidos dessas cores quentes perto da minha cara esta ficava com um ar lamacento, sem vida, quase de doente, em contrapartida o “rosinha” que a minha mãe sempre me tentou “vender” era das cores que ficava melhor (por isso já sabem, às vezes as vossas mães têm razão).

Aqui fica o resultado da consulta: a minha paleta de cores personalizada e três visuais que a Sara criou. Cliquem na imagem para a aumentar.

 

Se ficaram curiosas e gostavam de experimentar, coisa que eu recomendo como uma experiência bastante divertida, a próxima oficina gratuita vai-se realizar em parceria com a Dama de Copas entre 22 a 26 de Novembro das 11h às 17h. Podem-se inscrever por telefone 211 955 977 / 964 794 250 ou enviar um mail para dama@damadecopas.pt.

A oficina irá se realizar no espaço da Dama de Copas no Chiado. O que é uma vantagem enorme para quem anda a pé ou de transportes públicos. O Espaço da Blossom é super confortável e acolhedor mas está no topo da Alameda, atrás da Fonte Luminosa, e subir até lá a pé equivalem a cinco a dez minutos numa bicicleta elíptica ( o que, convenhamos até faz bem às pernas).

Para saber mais sobre estes dois espaços vão a www.blossom.pt e www.damadecopas.pt. (Amanhã ou depois escrevo uma entrada sobre a Dama de Copas, um espaço dedicado ao nosso amado/odiado/desesperante/sedutor soutien. Me aguardem!)

Kobi Levi Design Shoes

Novembro 11, 2010

Chewing Gum 2009 (leather)

O Sr.Kobi Levi é um designer de sapatos bastante irreverente. Formou-se na Bazalel Academy of art&design em Jerusalém em 2001 e desde então têm trabalhado como freelancer em empresas israelitas, italianas, brasileira e chinesas, tanto em design industrial de sapatos como em design artistico, expondo em diversas galerias por todo o mundo.

Mr.Kobi Levi graduated from Bezalel academy of art & design, Jerusalem 2001. Specialize in footwear design and development/making. He worked for several Israeli and other international companies as a freelance designer. His shoes are irreverent, fun and out-of-the box. All the shoes are handmade in his studio in Tel-Aviv with conventional materials, such as leather, and non-convetional ones like cork, wood, aluminium.

Actualmente encontra-se em Tel-Aviv a desenhar a sua linha de sapatos. Procura encontrar inspiração fora do mundo do “sapato”, criando peças artisticas de calçado que não sei se deva calçar ou pôr numa vitrine. Ele desenha e cria os seus sapatos no seu estúdio, na sua maioria em pele mas também com aluminio, cortiça ou madeira.

Market 1998 (leather)

Banana Slip-on 2010 (leather)

Acho que este vai ser um dos designer de calçado do século XXI principalmete pela sua originalidade “out-of-the -box”. O que vocês acham? Eram ousadas o sufeciente para usar uma das suas criações. Eu adoraria ter uns Market.

I think he is going to be one of the great shoe designer of the 21st century. What do you think? Would you dare using one of his creations? I would love to have the Market ones.

Todas as imagens são do blog do Kobi Levi, se quiserem saber mais…

All the photos are from Kovi Levi’s blog, if you want to know more…

http://kobilevidesign.blogspot.com/

Blow 2010 (leather)

xoxo, Madamme

Lanvin e H&M (PT/EN)

Novembro 2, 2010

A colaboração entre a H&M e a Lanvin que vai estar à venda dia 25 de Novembro em Portugal está repeleta de coisas linda. QUERO TODOS! Infelizmente, se os comprasse todos, ficaria a viver debaixo de uma ponte este mês mas pelo menos tinha a noção que tinha um guarda-roupa de morrer e que não poderia levar a muitos sítios… Setúbal não é propriamente uma cidade glamorosa, tem mais um charme casual.

English:

The colaboration between Lanvin and H&M that will be avaliable in late November is filled with gorgeous dresses. I WANT THEM ALL.

Unfortunately, if I bought all of them I would probably live under a bridge this month with the only confort of having an astonishing wardrobe too glamorous for my city. Don’t take me wrong, I love this city, but it’s a more casual look kind than a glamour one.

Isso não me impede de adorar a coleção. O seu video publicitário faz-me lembrar a publicidade para os Poison da Dior que são dos meus anúncios favoritos. Soo Soo Sexy!

This fact doesn’t stop me of loving this colection. The video reminds me the adds for Dior’s Poison Parfum. Soo Soo Sexy!

Os vestidos varia entre 149 euros e 199 euros, os sapatos 99 euros e o resto tirando brincos, colares, óculos e maquilhagem nada fica abaixo dos 40 euros. É caso para dizer que se forem estudantes como eu, compram uma saia ou uma t-shirt e lá se vai o orçamento de roupas para o resto do ano. Pai natal, ofereces-me o vestido coral?

Price range for the dresses : between 149 € and 199 €; shoes 99 €; everything else (except make-up, sunglasses, earrings and necklaces) is above 40 €. If you’re students like me, buying a t-shirt from this colections means that your entire budget for clothes for the rest of the year goes down the drain. Santa, please offer me the coral dress?

XoXo Madamme M

%d bloggers like this: